O poder das Redes Sociais em sua campanha eleitoral

Atualmente, quem no meio público consegue viver sem alguma rede social? Difícil né? Mas você, que quer ser candidato nas próximas eleições municipais de 2020, já aderiu de forma profissional ao uso das redes sociais? Acredito que o seu adversário já esteja em pré campanha nas redes, você deve fazer o mesmo e não perder mais tempo.

Você já ouviu essa frase? Ela tem um significado importante, principalmente no meio eleitoral. Há candidatos que só começam a aparecer em época de eleições, e isso acaba sendo visto de forma negativa pelos eleitores, dando a impressão que o sujeito só resolve aparecer por estar precisando de algo, nesse caso, o voto. Não seja esse tipo de candidato e comece desde já a “aparecer” para o seu futuro eleitor.

Facebook e Whatsapp são ferramentas importantes para encurtar o caminho entre você e seu eleitor. Por isso vamos lhe passar algumas dicas para você utilizar e assim conquistar possíveis eleitores.

Mas tenha em mente que você poderá fazer a sua pré campanha e não CAMPANHA, caso contrário será qualificado como campanha antecipada e poderá responder ao TSE. Em breve estaremos postando qual a diferença entre pré-campanha e campanha eleitoral.

1º: CUIDADO COM A ORTOGRAFIA.
Isso mesmo, releia o seu texto antes de postar, nem que seja uma mensagem de feliz aniversário. Será um ponto negativo com o eleitorado um candidato que usa as redes sociais com frequência mas se esquece da língua portuguesa, cometento erros grotescos de ortografia, além de poder gerar chacota por parte dos adversários.

2º: EVITE CONFLITOS COM OS SEUS ELEITORES.
O que quero dizer aqui é para evitar o “bate boca” com algum eleitor que poderá vir postar algo que lhe desagrade. Será inevitável situações onde algum eleitor que lhe confrontará via rede social, muitos por maldade mesmo, para lhe ver perdendo a cabeça.
Mantenha a calma. Não responda de imediato. Medite em sua resposta, não seja grosseiro e só então responda. Mostre que você tem alto controle e sabe lhe dar com quem pensa diferente de você.

3º: COMPARTILHE CONTEÚDO DE INTERESSE DE SEUS ELEITORES.
Busque mostrar aos seus eleitores que vocês pensam de forma similar. Para isso comece a compartilhar informações, notícias e frases que mostre para ele isso. Por exemplo: Compartilhe uma notícia sobre o bom uso do dinheiro público, ou uma informação sobre o cadastramento em algum programa social.

Mostre ao seu futuro eleitor que você está atento a atuação no setor público.
Pense também naquele que pensa diferente de você, ele poderá ser um voto em potencial, então procure ser cauteloso com o que postar, de forma que não ofenda aquele que até então pensa diferente de você.

4º: DESCUBRA O QUE OS ELEITORES DESEJAM
O Facebook e o Instagran disponibilizam ótimas ferramentas para você fazer uma enquete e ser preciso quando for elaborar o seu plano de governo. Use essas ferramentas e descubra o que os seus eleitotes querem. Construa uma enquete e pergunte aos seus seguidores (e possíveis eleitores) o que eles querem para a sua Rua, seu Bairro e sua Cidade. Assim você ficará alinhado com as necessidades de seu público eleitoral.

5º: MANTENHA-SE ATIVO NAS REDES SOCIAIS
Nada de começar a postar em suas redes sociais e depois abandonar tudo. Mantenha uma certa frequência, pesquise o que postar, interaja com os eleitores. Um exemplo do efeito do bom uso das redes sociais foi a eleição do Jair Bolsonaro. Ele não começou a usar as redes sociais somente em época de campanha, pelo contrário, ele começou a sua pré campanha presidencial muito cedo e sempre manteve uma constância em suas postagens e com interação junto aos seus eleitores, resultado: Foi eleito presidente da república.

Lembre-se: Quem não é visto não é lembrado

Estaremos postando semanalmente dicas de pré campanha eleitoral. Siga o nosso site e nos siga no Facebook.

Um comentário em “O poder das Redes Sociais em sua campanha eleitoral”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *