O que é preciso para registrar a minha candidatura?

Não basta apenas querer ser candidato, o TSE aponta algumas regras que e a legislação exige que o pretenso candidato atenda. Basicamente essas regras estão na nossa Constituição de 1988

Resumimos aqui 6 delas no infográfico abaixo, fique atento para cumprir todas essas seis, senão o seu projeto de ser candidato em 2020 pode vir por água abaixo.

Os partidos precisarão de mulheres para concorrer às eleições de 2020

Com o fim das coligações proporcionais, a atenção para atingir a cota de mulheres candidatas deverá ser redobrada pelos partidos políticos para as eleições de 2020.

Antes, nas coligações proporcionais, as legendas dividiam a cota de 30% para candidatas mulheres, agora, cada Partido precisa montar a sua própria chapa. Isso levará à corrida para filiação de mulheres dispostas a enfrentar campanha eleitoral.

Continuar lendo Os partidos precisarão de mulheres para concorrer às eleições de 2020

É possível fazer uma campanha sem gastar nada?

Um bom planejamento e estratégias são importantes para todos os candidatos, principalmente para aqueles que serão candidatos a vereador ou prefeito nas eleições municipais de 2020. E o planejamento financeiro de uma campanha não pode ficar de fora quando se trata de estratégias eleitorais.

Mas, usando as redes sociais, que o seu uso (a princípio) é gratuito, imprimindo o meu próprio material de campanha com que tenho em casa, fazendo a minha campanha a pé para não gastar com veículo e/ou carro de aluguel e tentando/querendo não gastar nada, será possível fazer uma campanha para as eleições municipais de 2020 sem eu ter que de fato desembolsar algum valor?

Continuar lendo É possível fazer uma campanha sem gastar nada?

Qual a idade mínima para se candidatar nas Eleições de 2020?

Recebi, através de nosso canal de Dúvidas, a seguinte pergunta de um jovem de 17 anos:

Bom dia! eu tenho 17 anos e vou fazer 18 no ano que vem dia 1 de outubro, eu queria candidatar para o cargo de vereador, será que posso ?

Vamos ver o que diz a Lei:

Continuar lendo Qual a idade mínima para se candidatar nas Eleições de 2020?

Lei que pune calúnia no período eleitoral entra em vigor

Foi sancionada, com veto, nesta quarta-feira (5/6/2019), a Lei 13.834/19, que altera o Código Eleitoral para tipificar o crime de denunciação caluniosa com finalidade eleitoral. A norma é resultado do PL 1978/11.
Agora, quem acusar falsamente um pretendente a cargo político com o objetivo de afetar sua candidatura poderá ser condenado à pena de dois a oito anos de prisão, além do pagamento de multa. Essa pena poderá ser aumentada em um sexto, caso o acusado use o anonimato ou nome falso.

Antes, a legislação eleitoral previa detenção de até seis meses ou pagamento de multa para casos de injúria na propaganda eleitoral ou ofensa à dignidade ou ao decoro da pessoa.

O presidente Jair Bolsonaro vetou um dispositivo que estabelecia as mesmas penas previstas na nova lei para quem divulga ato ou fato falsamente atribuído ao caluniado com finalidade eleitoral. Ele justificou o veto afirmando que, nesses casos, o patamar da pena é “muito superior à de conduta semelhante já tipificada no Código Eleitoral”.

Repost: Câmara dos Deputados